Exclusividade compartilhada

Quem compartilha tem sempre mais.

Com o surgimento das redes imobiliárias nasceu um novo conceito: a exclusividade compartilhada. Apesar de soar contraditório, essa solução visa resolver uma grande questão no setor imobiliário. A ideia consiste em diferentes imobiliárias compartilharem um cadastro único de imóveis. Desse modo, é possível aumentar exponencialmente a visibilidade da propriedade, uma vez que os públicos alcançados por cada empresa são somados.

Mas como a exclusividade compartilhada funciona?

O proprietário escolhe uma imobiliária que pertence a uma rede e concede a essa empresa a exclusividade de venda ou locação. A empresa escolhida, por sua vez, compromete-se a compartilhar o imóvel com as demais imobiliárias associadas. Dessa maneira, diversos profissionais terão acesso simultâneo ao imóvel, para trabalharem e encontrarem um interessado com maior eficiência e agilidade de atendimento.

Tal dinâmica proporciona maior comodidade para aqueles que buscam por um imóvel, ao mesmo tempo em que evita o desgaste procurar de empresa em empresa até encontrar o ideal. Já para o proprietário, a diferença está na tranquilidade e praticidade das negociações, afinal, ele poderá escolher a imobiliária de sua preferência com a certeza de que todas as associadas e seus respectivos colaboradores poderão apresentar o imóvel com profissionalismo e dedicação.

Exclusivo ou não? Eis a questão!

É importante destacar que a imobiliária contratada é a responsável pela divulgação deste imóvel e todas suas tratativas, propostas e visitas. Com isso, o proprietário, além da comodidade e agilidade nas negociações, é beneficiado com a valorização do imóvel no mercado. O contrário do que vemos em imóveis sem exclusividade, nos quais é comum depararmos com faixas e placas de diversas imobiliárias, o que dá impressão para o mercado de imóvel encalhado.

Outro fator determinante no potencial de mercado de uma propriedade é que, quando não há exclusividade, muitas vezes são feitas avaliações equivocadas ou até mesmo acima do preço ideal, retardando e dificultando a venda ou locação.

Enquanto isso, na rede imobiliária existe uma criteriosa padronização de normas e procedimentos, assessoria jurídica especializada, além de avaliações mais assertivas com o mercado.

Portanto, compartilhar, principalmente quando falamos do seu imóvel e, consequentemente, seu investimento, trata-se exclusivamente de multiplicar vantagens!